Menu
Siga-nos em
EmissionSea Logotipo Light_SVG

EmissionSEA - Extrapolação das emissões dos navios

Tabela de Conteúdos

Objectivos climáticos globais, regulamentos de emissões mais rigorosos, e uma pressão notável sobre os custos estão a levar a incentivos cada vez maiores para reduzir as emissões dos navios e aumentar a eficiência energética da navegação. Em particular, a regulamentação da UE relativa à comunicação de informações sobre emissões de CO2 de, para, e dentro da União Europeia, que está em vigor desde 01.01.2018, levou a um aumento da eficiência energética dos transportes marítimos. A especificação das emissões de CO2 é obrigatória. No entanto, não existem actualmente métodos suficientemente adequados para validar as emissões comunicadas, uma vez que os navios estão a operar a nível mundial e as rotas são recalculadas devido a condições meteorológicas adversas, projecções como as do tráfego rodoviário não podem ser implementadas.

O objectivo é desenvolver uma metodologia para a determinação quantitativa das emissões de CO2 provenientes dos transportes marítimos. Com a ajuda de dados do Sistema de Identificação Automática (AIS), a informação do movimento é definida em relação ao tamanho do navio, velocidade, e condições ambientais meteorológicas e oceanográficas. Mais de 500.000.000 de registos diários de dados AIS de centenas de estações de base AIS próprias e milhares de estações de base AIS cooperativas, bem como dados detalhados sobre navios, incluindo informações sobre a principal instalação de propulsão, estão disponíveis para o JCS e formam a base de dados para o projecto. Os dados sobre o consumo de combustível e emissões não estão disponíveis publicamente e representam a lacuna a ser preenchida.

Marcos

Posição Preparação de dados e melhorias de qualidade

A recolha, análise, e fornecimento de dados são aspectos centrais do projecto e são implementados pelo JCS. É essencial verificar a disponibilidade e a usabilidade dos dados e fornecê-los através de interfaces de alto desempenho. Os dados AIS, dados ambientais e dados de navios têm de ser disponibilizados aos parceiros do projecto através da criação de uma base de dados adequada. Será concebida uma infra-estrutura que permita aos parceiros testar os algoritmos desenvolvidos. Os cerca de 300 mil milhões de registos de movimento de 2018 a 2019, bem como os dados meteorológicos, serão disponibilizados. Dos 500 milhões de registos diários, espera-se que sejam geradas 3,6 milhões de mensagens horárias para uma previsão de 150.000 embarcações. Uma vez que podem ocorrer colisões de sinais em áreas densamente traficadas e mensagens individuais podem não ser recebidas correctamente, este pacote de trabalho irá primeiro comparar a qualidade dos dados AIS de diferentes fontes e depois melhorar a qualidade dos dados. As investigações serão levadas a cabo em particular pela DLR.

Geração de vasos de referência

Para cada navio de equipamento AIS necessário, o cálculo do dióxido de carbono emitido deve ser funcional. JCS tem informações muito detalhadas para praticamente todos os navios. No entanto, especialmente para as construções novas, nem todos os dados necessários podem ainda estar disponíveis. Por conseguinte, foram gerados mais de 450 modelos de navios que servem de base de cálculo no caso de faltarem dados detalhados. Isto foi desenvolvido pela CML.

O modelo de resistência

Para uma estimativa fiável das emissões, é necessário o desenvolvimento de um modelo complexo e inovador para representar a resistência do casco do navio. Este pacote inclui o desenvolvimento de um modelo de resistência do casco baseado em dados AIS, meteorológicos, ambientais e estáticos do navio. Este pacote de trabalho foi desenvolvido principalmente pela CML.

O modelo de emissão

Para o cálculo final das emissões, é necessário determinar a potência necessária do motor com base no arrasto do navio. Foi desenvolvido pela HSW um modelo de software em que a quantidade necessária de combustível foi calculada com base na potência necessária do motor, incluindo todo o equipamento auxiliar. A partir disto, com a adição do tipo de combustível mais provável, a emissão é calculada.
Para o cálculo, o equipamento real é utilizado para mais de 60.000 navios. Se o navio investigado não estiver incluído nestes 60.000, foram gerados mais de 450 navios de corte transversal, que são utilizados como modelo de navio de reserva para o cálculo.

Validação e capacidade em tempo real

O principal objectivo deste projecto é criar uma ferramenta para projecção e estimativa de emissões. Através dos parceiros associados, foram fornecidos dados de consumo para um grande número de diferentes tipos de embarcações, em diferentes rotas comerciais, estações e condições. Estes foram utilizados para calibrar a resistência, o motor e o modelo de emissões. Após testes intensivos, foi demonstrado que os resultados eram suficientemente precisos para serem comparáveis à realidade em quase todas as condições de funcionamento. A escalabilidade da infra-estrutura informática também pôde ser demonstrada.

Protótipo

Os inquéritos aos utilizadores foram utilizados para determinar quais são as suas expectativas para a validação das emissões. Isto reflecte-se no frontend. O JAKOTA Design Group é responsável por este pacote de trabalho. É agora possível ao utilizador seleccionar qualquer navio e ter as emissões de Co2 calculadas. Estas podem então ser comparadas com os dados MRV. Isto torna possível aos proprietários de navios verificar os seus dados (verificar a existência de erros humanos) antes de os enviar. As autoridades marítimas têm agora também a capacidade de investigar os dados de emissão comunicados em caso de anomalias. Este trabalho

Eventos

Quando: 02. Fevereiro 2021

Apresentação do projecto EmissionSEA pelos parceiros na principal feira marítima internacional em Hamburgo

Quando: 23. Novembro de 2020

Apresentação do projecto EmissionSEA pelo Fraunhofer-Center für Maritime Logistik und Dienstleistungen CML

Quando: 23. Setembro 2020

Mesa redonda sobre novas formas de criação de valor nas cadeias de abastecimento e logística

Imprensa & Media

EmissionSEA: Avaliação das emissões de CO2 dos navios

Ontem, todos os membros do projecto da 1ª reunião de estatuto do projecto de investigação EmissionSEA trocaram informações sobre o seu trabalho anterior. Fraunhofer CML, Universidade de Ciências Aplicadas de Wismar, DLR, JAKOTA Design Group e FleetMon...

Impulsionar a transparência na comunicação de emissões marítimas de CO2

FleetMon colabora com empresas mundiais de logística e navegação, bem como com ministérios federais, autoridades portuárias e institutos de investigação independentes...

Powered By EmbedPress

Powered By EmbedPress

Tabela de Conteúdos

Coordenador do projecto

JCS | JCS FleetMon
JAKOTA Cruise Systems GmbH

FleetMon | Rastreamento dos sete mares

Parceiro do projecto

JDG
JAKOTA Design Group GmbH

Fazer as coisas individualmente

Fraunhofer-Center für Maritime Logistik und Dienstleistungen CML
Fraunhofer CML

Centro de Logística Marítima

Hochschule Wismar
HSW - Universidade de Wismar

Departamento de Estudos Marítimos, Engenharia de Sistemas e Logística

Deutsches Zentrum für Luft und Raumfahrt
DLR - Centro Aeroespacial Alemão

Instituto de Sistemas Espaciais

Parceiros Associados

DWD - Serviço Meteorológico Alemão

Serviço de Meteorologia Marítima

Bundesministerium für Verkehr und digitale Infrastruktur
Fundada por

BMVI - Ministério Federal dos Transportes e Infra-estruturas Digitais

Mobilität 4.0
Estrutura do projecto

mFUND - Investigação sobre mobilidade e aplicações baseadas em dados

TÜV-Rheinland Projektträger
Promotor

TÜV Rheinland

Duração do projecto

Ago 2018 - Jul 2021

Volume de financiamento

1,55 milhões de euros

Pessoa de contacto

Logotipo do projecto (.png, transparente)

Partilhar este projecto